Centrais nucleares em portugal

centrais nucleares em portugal

Qual a história da energia nuclear em Portugal?

Da revolta de Ferrel, em 1976, aos projetos que ficaram no papel já neste século, a história da energia nuclear em Portugal é feita da recusa constante, dos governos e da opinião pública, em considerar sequer tal opção.

Qual a importância do reator nuclear para Portugal?

Este reator nuclear começou por ser um marco e um primeiro passo em direção a uma série de centrais nucleares que Portugal pretendia desenvolver, como forma de produzir energia elétrica. No entanto, o reator estava parado desde março de 2016, data acordada com os EUA em 2007, quando aquele país forneceu o urânio utilizado no núcleo do reator.

Quais são as usinas nucleares do Brasil?

Usina nuclear Angra 1 (ao fundo) e Angra 2 (à frente) no Rio de Janeiro, a energia nuclear responde por 4% da energia produzida no país. O Brasil possui também 3 Tokamaks (reatores experimentais de fusão nuclear ). [ 17]

Qual a importância da produção de urânio para as bombas nucleares?

Para as bombas nucleares, era necessário cindir Urânio em centrais nucleares. O resultado era a produção em larga escala de Plutónio necessário às bombas. Iniciou-se o paradigma da produção de electricidade pela nuclear. Facilitava a Portugal ter minas de urânio e em 1947 ser o terceiro produtor mundial.

Como é a energia nuclear em Portugal?

Portugal possui um reator de investigação de 1MW localizado no Centro Nacional de Investigação Nuclear de Sacavém , que se encontra em estado de encerramento permanente. Outras atividades de energia nuclear não estão planejadas em um futuro próximo.

Por que a opção nuclear não é viável em Portugal?

A opinião é unânime: em Portugal a opção nuclear não é viável, do ponto de vista económico, social, ambiental ou técnico. Mas o debate já tem décadas. O JPN foi falar com alguns dos intervenientes na discussão. Numa sociedade dependente de energia elétrica levanta-se um paradoxo.

Como foi o desenvolvimento da energia nuclear?

A reação que atualmente é usada em todas as usinas nucleares para gerar eletricidade. A equipe era formada por Otto Hahn, Fritz Strassmann, Lisa Meitner e Otto Frisch. Otto Hahn e Lise Meitner encontraram um elemento de número atômico intermediário em uma amostra de urânio bombardeada com nêutrons.

Qual a capacidade de produção de energia em Portugal?

Em 2017, Portugal conta com 20.758 megawatts de capacidade instalada de produção de eletricidade, dos quais 5.313 megawatts correspondem a energia eólica e 291 megawatts são de origem fotovoltaica. A parcela relativa à energia térmica e hídrica é de 8.287 megawatts e 7.108 megawatts, respetivamente.

Quais são as primeiras usinas nucleares no Brasil?

Inclusive no Brasil, que tem duas em operação. Angra 1 e Angra 2, localizadas em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Elas fazem parte da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, que é controlada pela estatal Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras. A Angra 1 foi a primeira a entrar em operação, em 1985, no final do regime militar.

Quais são os estados que possuem a Usina Nuclear?

Tem unidades nos seguintes estados São Paulo, Bahia, Ceará, Minas Gerais e Rio de Janeiro (onde possui a sua sede), e é um importante elemento do sistema brasileiro de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias para o domínio do ciclo e produção de combustíveis nucleares.

Quais são as vantagens das usinas nucleares?

Outra vantagem é que, por ocuparem uma área pequena, as usinas nucleares podem ficar próximas dos grandes centros, eliminando a necessidade de longas linhas de transmissão.

Como a energia é gerada em uma usina nuclear?

Esse aquecimento acontece a partir do núcleo do átomo de urânio-235 que, quando atingido por um nêutron, se rompe, liberando energia térmica. Mas, afinal, em maiores detalhes, como é feito esse processo?

Postagens relacionadas: